Instalações para a criação de suínos

0
7
Site do Café

Para se escolher o melhor tipo de instalação, devemos levar em conta alguns fatores, dos quais podemos destacar:

– número de animais a serem criados;

– valor do investimento;

– disponibilidade de recursos financeiros;

– tipo de criação a ser implantada;

– facilidade operacional.

O objetivo de todo criador deve ser, sempre, ter uma criação organizada, com toda a higiene, qualidade dos produtos, com alta produtividade e com a maior produção possível. Além disso, a meta a ser alcançada não deve ser, nunca, perdida de vista: obter lucros compatíveis com o investimento feito e com o trabalho realizado.

Os porcos, ao contrário do que se diz, são animais extremamente limpos e uma criação racional deve passar longe do que chamamos de “chiqueiro”. Por essa razão, as instalações devem ser bem construídas, em terreno seco e com disponibilidade da água, não só para o consumo dos animais, mas para se manter o local sempre limpo

Um dos principais fatores a serem considerados na construção das instalações para os porcos é a temperatura ambiente, dentro do local de confinamento.

Como os porcos não conseguem “perder” temperatura com facilidade, num dia de muito calor, acabam sofrendo. Para contornar esse problema, o local escolhido para o confinamento deve ser construído de forma a permitir um arejamento adequado. Os materiais de construção devem ser bem escolhidos, para que não tornem o local ainda mais quente.

Em todas as fases da produção, ou do desenvolvimento dos animais, os porcos devem ter acesso ao pasto, a não ser na fase imediatamente anterior ao parto, durante a fase de amamentação, desmama e na recria.

O criador deve possuir instalações que proporcionem as melhores condições para seus animais, do contrário, a produção não apresentará resultados satisfatórios. A limpeza das instalações deve ser feita diariamente, retirando-se todos os dejetos, através de uma lavagem bem feita, quando os porcos vão para outro recinto ou para o pasto. O número de porcos por baia pode variar muito, podendo ser de até 25 ou 30 animais. Outro cuidado a ser observado é o espaço no comedouro, que deve ser suficiente para que os animais não se “apertem” demais, o que pode causar ferimentos ou problemas de má alimentação em alguns porcos.

site do café

Deixe uma resposta