A reprodução dos suínos

0
11
Site do Café
O cio é  um fenômeno fisiológico periódico, caracterizado pela exaltação sexual das fêmeas e correspondente à época em que elas estão prontas para serem cobertas e “enxertadas”, isto é, à época da ovulação. Nesse período, elas não só aceitam o macho como até o procuram para o acasalamento.

Não estando no cio, as porcas não aceitam o macho e mesmo que sejam cobertas à força, não concebem. È preciso, portanto, que o criador saiba quando as porcas estão no cio, o que elas demonstram porque ficam nervosas, excitadas, montam nas companheiras ou deixam que as outras as montem, urinam com freqüência e o seu apetite diminui. Sua vulva fica “inchada” e elas procuram os machos quando estão perto.

O cio dura de 24 a 72 horas e se repete de 18 a 21 dias depois, quando não são enxertadas. A ovulação ocorre, aproximadamente, de 30 a 45 horas após o início do cio.

O primeiro cio aparece aos 5 ou 6 meses de idade, nas porcas, enquanto que os machos, com 6 ou 7 meses já estão aptos a reproduzir, embora seja aconselhável esperar até 10 a 12 meses.

Cobertura ou monta
Pode ser feita durante todo o ano, de acordo com o cio. Para que seja realizada normalmente é aconselhável deixar o macho e a fêmea em um lugar fechado e tranqüilo para que realizem a monta que, às vezes, dura bastante tempo (até duas horas ou mais). Para maior controle e melhores resultados, o melhor é levar a fêmea e o macho para um lugar “neutro”.

Quando os varrões são muito pesados, devem ser usados troncos especiais para coberturas, onde são colocadas as porcas. É interessante, depois de 10 a 12 horas, repetir a cobertura. Terminada a cobertura, deve-se separar a fêmea e o macho, ficando isolados dos outros animais até passar o cio. As fêmeas não devem ficar muito gordas. Um varrão, bem tratado e alimentado pode cobrir de 25 a 40 porcas, sendo até 5 coberturas por semana, duas vezes ao dia. 

site do café

Deixe uma resposta