Café: executivo-chefe da Starbucks ampliará operações digitais

0
19
Café: executivo-chefe da Starbucks ampliará operações digitais
Site do Café

 

Café: executivo-chefe da Starbucks ampliará operações digitais

O executivo-chefe da Starbucks, Howard Schultz, ampliará a sua atuação em inovação em produtos e varejo digital. A mudança integra um rearranjo de altos executivos que tem como meta ajustar a estratégia da companhia a mudanças na indústria orientadas pela tecnologia.

Como parte de seu novo foco, Schultz planeja trabalhar mais de perto com o diretor de assuntos digitais, Adam Brotman, e com o diretor de estratégia, Matt Ryan, no que ele chama de “próxima geração de varejo e iniciativas de pagamentos”, informou a empresa na quarta-feira.

Schultz anunciou outras mudanças de gestão, incluindo a nomeação do diretor financeiro Troy Alstead para diretor de operações. Scott Maw, vice-presidente sênior de finanças corporativas, foi promovido e sucederá Alstead na direção financeira.

“Eles trabalharão comigo em parceria, à medida que passarei a me concentrar na missão, nas iniciativas de crescimento e na convergência e integração de ativos de varejo e comércio eletrônico, digitais, de cartões e de mobilidade em todo o mundo”, disse Schultz, em comunicado.

Alstead será agora responsável pelas operações do dia-a-dia na Starbucks e os chefes de divisão se reportarão a ele, liberando o CEO para se concentrar em “Todos os Assuntos Digitais”, disse Schultz em teleconferência com investidores.

A Starbucks processa atualmente cinco milhões de pagamentos móveis uma semana e Schultz prevê que a “carteira digital” se tornará a principal moeda de compra de bens de consumo. A rede de cafeterias permite a clientes pagar por café por meio de aplicativo e usando seus cartões de fidelização. Schultz disse recentemente a investidores que o movimento na direção das compras online que prejudica varejistas principalmente durante os feriados de fim de ano representa uma “mudança sísmica” no comportamento dos clientes e que a Starbucks está bem posicionada para se beneficiar disso.

Um porta-voz da Starbucks disse que o movimento não tem nada a ver com planejamento sucessório. “É o contrário. Isso libera Howard se concentrar no grande prêmio da operação digital e de mobilidade”, disse ele. Na semana passada, a Starbucks reportou lucro trimestral de US$ 540,7 milhões e receita de US$ 4,24 bilhões.

 

Deixe uma resposta