A mecanização no preparo do solo

0
72
A mecanização no preparo do solo
Site do Café

A mecanização no preparo do solo

Para que o agricultor obtenha sucesso e, consequentemente, lucros, com qualquer que seja a lavoura, o preparo adequado do solo é essencial. Este preparo acontece em duas fases. Inicialmente, o solo mais profundo é trabalhado, visando revolver a camada mais superficial e exterminar plantas invasoras. Em seguida, o terreno precisa passar por um nivelamento, destorroamento e pela incorporação de herbicidas.

Para que se faça todo o processo de preparo do solo com máquinas e implementos, devemos levar em consideração as características de cada um deles, suas vantagens e desvantagens. De acordo com o terreno, o tipo de lavoura ou qualquer necessidade específica, faz-se necessário o uso de uma máquina ou implemento diferente. Além disso, para cada uma das duas fazes de preparo do terreno, é necessária a utilização de um equipamento diferente.

É preciso dizer que, de forma geral, um implemento pode ser ruim em uma situação e adequado em outra, dependendo, como já foi dito, das características do terreno e da lavoura a ser plantada e, ainda, muitas vezes, da disponibilidade financeira do agricultor que acaba comprando “o melhor que o seu dinheiro conseguir comprar”.

Além de se escolher o implemento mais adequado e que esteja dentro das possibilidades do produtor rural, os trabalhos devem ser executados nos momentos mais adequados. Por exemplo, em dias em que o solo estiver mais úmido, o trator acabará compactando a terra, o que impede a infiltração de água.

Apresentamos, a seguir, uma relação de alguns dos implementos mais utilizados no preparo do solo:

– Subsolador;
– Arado de discos;
– Escarificador;
– Grade de dentes flexíveis;
– Enxada rotativa;
– Arado de aiveca.

Outro ponto muito importante no que diz respeito à escolha do implemento é a escolha do trator. Se, por exemplo, o trator não tiver uma potência suficiente para tracionar o implemento, haverá um consumo excessivo de combustível, diminuindo os lucros do produtor. Caso o agricultor já possua um trator, deverá escolher um implemento que seja adequado para ser utilizado com o seu trator.

Em muitos casos, quando faz-se necessário o uso de um determinado tipo de implemento e o agricultor possua um trator muito fraco para trabalhar com este implemento, deve ser estudada a troca do trator, pois pode se tornar inviável a combinação que se apresenta.

Deixe uma resposta