Gengibre

0
18
Gengibre

Gengibre

O gengibre (Zinziber officinale Roscoe)é uma planta utilizada, principalmente, devido às suas propriedades medicinais. Além disso, também é um condimento utilizado em bebidas e em alguns pratos da culinária.

Como planta medicinal, suas principais características atuam sobre a falta de fome, distúrbios estomacais e intestinais, cólicas e doenças respiratórias. É muito utilizado como componente ativo de xaropes e sprays, associado com mel, para o alívio de problemas na garganta.

O gengibre se adapta melhor a climas quentes, como o tropical ou o subtropical, não resistindo a condições mais adversas de temperatura ou clima, como geadas. Apesar disso, em alguns locais, o gengibre mostrou boa adaptação e consegue resistir às geadas, mesmo tendo suas folhas queimadas.

Para o seu cultivo, o gengibre deve ser plantado em solos bem drenados, arenosos e férteis, com pH de 5,5. As mudas devem ser transplantadas para o local definitivo depois de um mês, quando estão com cerca de 3cm. O plantio deve ser feito na primavera, colocando-se as mudas nas covas, que devem ter 10cm de profundidade e com um espaçamento de cerca de 80cm entre as linhas e 40cm entre as plantas. É uma planta herbácea, que pode alcançar 1,50m de altura.

Os tratos culturais necessários se resumem em capinas, para que se mantenha o terreno livre de plantas invasoras, além da adubação e da calagem, que devem ser feitas de acordo com os resultados da análise do solo, não só antes do plantio, mas com o passar do tempo, para que o desenvolvimento da plantação seja o melhor possível. Outro cuidado muito importante é manter o terreno sempre bem drenado, para que não aconteça o apodrecimento das plantas. Entretanto, em caso de secas prolongadas, deve ser feita a irrigação da plantação.

A colheita acontece por volta de 8 a 9 meses após o plantio, podendo haver, de acordo com o clima e a região, duas colheitas por ano.

Deixe uma resposta