Escoamento da produção de camarões de água doce

0
56
Escoamento da produção de camarões de água doce
Site do Café

Escoamento da produção de camarões de água doce

Não só sob o ponto de vista econômico mas também sob o aspecto prático, é muito interessante que o escoamento da produção seja feito o mais próximo possível do imóvel em que foi implantada a criação, pois isso apresenta uma série de vantagens, entre as quais:

– menor custo de transportes;

– maior facilidade para o acondicionamento ou embalagem do produto;
– entrega mais rápida e, em conseqüência, com menores riscos de se estragarem.

É claro que as grandes distâncias dos consumidores finais não é grande problema pois, se fosse, não seria possível a exportação da produção, por exemplo. O mais importante é que tenhamos disponíveis várias opções eficientes para enviar a produção ao destino final.

Facilidade de comunicação com mercados locais e grandes centros urbanos

Este é um aspecto da maior importância porque facilita, e muito, as atividades operacionais de uma criação, principalmente as vendas, que podem ser feitas regularmente sem as interrupções que ocorrem, em geral, quando não há boas estradas ou que elas não permitam um trânsito normal durante todo o ano.

Como é nas grandes cidades que se encontram os melhores e maiores mercados para a venda dos camarões e mesmo os pontos especializados em exportação, a criação de camarões deve ficar o mais próximo possível desses centros comerciais, caso contrário, perderá parte da sua competitividade em relação às criações que estejam instaladas nas proximidades desses centros.

Meios de transportes

Quando pensamos em proximidade da criação em relação aos mercados compradores ou consumidores, não devemos pensar somente em termos de rodovias ou de distâncias, mas também de ferrovias, transportes fluviais, marítimos e aéreos, pois o objetivo é entregar os produtos com a maior regularidade e a maior rapidez.

O tipo de transporte utilizado e o devido acondicionamento dado ao produto deverão ser eficientes, para que a carga chegue ao destino nas melhores condições de conservação. Devemos, no entanto, levar sempre em consideração os custos desses transportes, para que os valores pagos não deixem a produção com um custo final elevado, menos competitiva em relação à concorrência.

Desta forma, ao escolhermos o meio de transporte a ser utilizado, devemos levar em consideração a urgência da entrega da mercadoria, a cotação de preços entre as diversas transportadoras disponíveis e a credibilidade e eficiência das empresas de transporte, para que garantam a integridade da carga. Após a análise dessas variáveis, poderemos decidir de acordo com a melhor relação de custo / eficiência.

Deixe uma resposta