Criação de minhocas em ambientes fechados

0
36
Criação de minhocas em ambientes fechados
Site do Café

Criação de minhocas em ambientes fechados

As criações internas são feitas em ambientes fechados, debaixo de um telhado ou cobertura única, protegendo todos os canteiros como, por exemplo, em galpões especialmente construídos para a criação de minhocas ou em estábulos, cocheiras, galinheiros, etc., reaproveitados e readaptados para a minhocultura.

Esse tipo de criação é mais usado nas regiões frias, porque oferece maior proteção, principalmente contra o frio e os ventos, além de proteger, também, contra o sol e os inimigos das minhocas, sejam eles homens ou animais.

Essa proteção pode ser maior ainda, porque esses galpões também permitem aquecimento artificial, não só para manter as minhocas vivas mas, também, para que elas continuem se reproduzindo durante as épocas mais frias, o que concorre para a maior produtividade das minhocas e maior produção do minhocário.

É necessário, no entanto, que as construções usadas para o minhocário, embora fechadas, sejam bem arejadas, com uma boa ventilação para eliminar os gases nelas acumulados, especialmente o gás carbônico, o mais prejudicial deles, principalmente quando são empregados aquecedores a gás ou outro combustível.

Cobertura dos galpões

O telhado ou cobertura dos galpões pode ser construído ou montado com diversos materiais, entre os quais:

– telhas de barro, em geral do tipo “francesa”;

– telhas ou placas de fibrocimento;

– material plástico (telhas ou lâminas);

– esteiras de bambu ou de taboa (planta do brejo);

– palhas de diversas palmeiras, como a de babaçu, por exemplo;

– sapê;

– lonas ou plásticos;

– sacos de diversas embalagens, desde que não sejam de produtos tóxicos ou venenosos, etc.

Deixe uma resposta