Conheça os procedimentos para a seleção dos ovinos

0
43
Conheça os procedimentos para a seleção dos ovinos
Site do Café

Conheça os procedimentos para a seleção dos ovinos

O principal item a ser levado em consideração na escolha dos ovinos, machos e fêmeas, é a sua saúde. Somente animais sadios devem fazer parte do rebanho, sendo dele apartados todos os que apresentarem alguma anormalidade.

Um ovino sadio apresenta olhar vivo, é bem desenvolvido, com uma lã de qualidade e em bom estado. Quando a sua lã perde o brilho, fica eriçada e sem resistência, isso pode ser conseqüência de uma verminose avançada ou decorrente de uma sarna. O primeiro sinal de sarna é o aparecimento de pontas de mechas de lã que se desprendem e, depois, várias falhas de pêlos, em todo o corpo.

Quando os animais apresentam um muco quase purulento nas narinas, acompanhado de tosse, isso significa a presença de uma bronquite verminótica, que deve ser tratada imediatamente.

Devemos levar em consideração, ainda, que os animais devem apresentar todas as características da sua raça, formando assim, um rebanho bastante uniforme em relação ao seu exterior.

Eles devem apresentar, além do olhar vivo e brilhante, uma cabeça bem proporcionada, cara larga, amplas fossas nasais, pescoço forte, grosso e bem inserido. Seu corpo é cheio, lombo reto, bons aprumos com ossos fortes e largos.

São defeitos graves uma constituição débil, cara muito estreita, focinho fino, peito estreito, pernas compridas, mal aprumadas e finas. Além disso, também são considerados defeitos graves, peso abaixo do normal e barriga e pernas peladas, por falta de lã.

Um fator da máxima importância na escolha dos ovinos é a quantidade de lã que eles produzem, sendo preferível, para isso, que elas possuam um velo denso, com fios longos, grossura uniforme em toda a sua extensão e com barriga e pernas bem cobertas de lã.

Influem na produção de lã, principalmente as condições ambientais e a hereditariedade, além do estado de saúde dos ovinos. A avaliação do velo deve ser feita pela quantidade de lã em relação à área que ocupa, o comprimento das manchas e a densidade das fibras. As características do velo devem estar de acordo com os padrões da raça, por um período de 12 meses da última tosquia. Sua qualidade decorre da uniformidade, do comprimento e da finura, em todo o velo.

O exame das mamas é, também, muito importante. Não devemos escolher e adquirir animais que possuírem defeitos ou infecções mamárias.

Deixe uma resposta