Soja: com dólar e Chicago voláteis, preços recuam no mercado interno

0
34
Soja: com dólar e Chicago voláteis, preços recuam no mercado interno
Site do Café

Houve mais negócios pontuais no dia, com 40 mil toneladas de vendas reportadas em todo o país nesta sexta

O mercado brasileiro de soja registrou preços pouco alterados nesta sexta-feira, 5. O mercado nacional lidou no dia com a volatilidade na Bolsa de Chicago para a oleaginosa e com a queda forte do dólar. Houve mais negócios pontuais no dia, com destaque para 20 mil toneladas negociadas em Minas Gerais e 40 mil toneladas no total do país reportadas.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos recuou de R$ 168 para R$ 167. Na região das Missões, a cotação caiu de R$ 167 para R$ 166. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 170 para R$ 169.

Em Cascavel, no Paraná, o preço baixou de R$ 169 para R$ 168 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca baixou de R$ 165 para R$ 164.

Em Rondonópolis (MT), a saca permaneceu em R$ 155. Em Dourados (MS), a cotação se manteve em R$ 160. Em Rio Verde (GO), a saca ficou em R$ 160.

Chicago
Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a sexta-feira, 5, com preços predominantemente mais altos para o grão e mais baixos para o farelo ao óleo. Em sessão bastante volátil, a maior parte dos contratos encontrou suporte na boa demanda pela soja norte-americana, na alta do petróleo em Nova York, de mais de 1% e no ritmo ainda lento de colheita no Brasil.

As primeiras posições caíram. Os agentes esperam o relatório de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que será divulgado na próxima terça-feira.

Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com baixa de 5,75 centavos de dólar, ou 0,41% a US$ 13,66 por bushel. A posição maio teve cotação de US$ 13,65 por bushel, com recuo de 3,50 centavos ou 0,25%.

Nos subprodutos, a posição março do farelo caiu US$ 2,60 ou 0,6% a US$ 430,50 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em março fecharam a 44,66 centavos de dólar, alta de 0,28 centavo ou 0,62%.

Dólar
O dólar comercial encerrou a sessão com baixa de 1,19%, sendo negociado a R$ 5,3840 para venda e a R$ 5,3820 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,3440 e a máxima de R$ 5,4570. Na semana, o dólar acumulou perda de 1,68% contra o real.

site do café

Deixe uma resposta