Instalação para a criação de aves poedeiras

0
15
Instalação para a criação de aves poedeiras

Instalação para a criação de aves poedeiras

A granja para as aves poedeiras deve ser maior do que as de aves para corte. Para isto, o local deve ter sede, depósito, casa do tratador, caixa d’água, abrigos pinteiros, abrigos recrias e abrigos das aves poedeiras, sendo que o número desses três últimos depende da quantidade de animais em cada lote e da quantidade de lotes para o ciclo de postura.

Os abrigos para os pintos podem ter as mesmas dimensões dos destinados aos frangos de corte. Já o local para recria, deve ter sua largura pensada a partir do número de fileiras de gaiolas a acomodar, com espaço disponível também para o corredor.

Quanto aos abrigos das aves poedeiras, estes devem ter um corredor central de serviço com boa acessibilidade e gaiolas dispostas no sistema de escalonado com o corredor no meio. Tal como os abrigos para recria, o comprimento também se dá de acordo com o número de aves a acomodar.

Quanto maiores os espaçamentos entre abrigos-pinteiro, abrigos-recria e abrigos-postura, melhores serão as condições preventivas.

Em regiões frias, os abrigos para aves poedeiras devem ser construídos para o norte, enquanto que nas quentes, o sul é o indicado. Isto protegerá os animais dos efeitos térmicos. Por sua vez, os ninhos devem ser colocados em lugares sossegados e menos iluminados. Além disso, camas limpas, macias e absorventes contribuem para a obtenção de ovos limpos e íntegros.

Instrumentos como campânulas, termômetros, anteparo de proteção, quebracanto, comedouros, bebedouros, balança, etc., são válidos para a criação de aves poedeiras.

Deixe uma resposta