Como iniciar a sua atividade agropecuária

0
18
Site do Café
Iniciar uma atividade rural não é em nada diferente de iniciar qualquer outra atividade produtiva, seja na área industrial, de comércio ou mesmo de serviços.

Antes de começar, o empreendedor deve verificar as tendências do mercado, quais são as maiores demandas no setor, quais são as possibilidades de comercialização e o que é necessário para se iniciar a produção. Para tal, é muito importante a consulta a pessoas ligadas ao setor rural, na maioria das vezes, os proprietários das fazendas ou sítios vizinhos, procurando sempre o contato com aqueles que são, reconhecidamente os que possuem as melhores propriedades e áreas produtivas.

 
Outra forma, muito importante, para se captar informações de mercado é através da leitura de jornais e revistas especializadas, onde se possa encontrar sugestões para novos empreendimentos e que analisem as possibilidades de mercado, através de índices, cotações e das opiniões de profissionais de renome. É imprescindível levar em consideração a região onde da propriedade rural, pois a maioria das atividades agropecuárias são tremendamente influenciadas, seja pelo clima, seja pelo solo ou vegetação.

Em segundo lugar, deve ser verificada a necessidade da utilização de água na futura produção e quais são os recursos disponíveis dentro da propriedade ou mesmo a possibilidade de se conseguir um suprimento extra, através de acordo com vizinhos.

A região do país onde pretende-se iniciar uma atividade pode, muitas vezes, representar uma dificuldade ou uma vantagem para o produtor. O ideal é que a produção seja feita o mais próximo possível dos centros de distribuição. Caso contrário, pode acarretar custos adicionais de transporte o que, em alguns casos, pode até inviabilizar todo o projeto. Por outro lado, uma maior proximidade com os centros de distribuição pode significar uma vantagem em relação a produtores que se encontram mais distantes.

Em seguida, deve ser realizado um levantamento do investimento necessário para o início das atividades. No investimento inicial, deve ser levado em consideração não só o quanto será necessário para montar a estrutura, mas também para que o produtor e sua propriedade rural possam se manter no período anterior à primeira safra, abate ou da primeira produção estar pronta para a comercialização. Muitos produtores rurais não levam tal fato em consideração e não chegam a colher os frutos de seu trabalho, muitas vezes tendo até que vender suas propriedades antes mesmo da primeira produção estar pronta.

Para conseguir a soma necessária para o investimento inicial o produtor pode, além de lançar mão de recursos próprios, pleitear recursos através do crédito agrícola, que são empréstimos vinculados à produção rural concedidos pela maioria dos bancos, destacando-se o Banco do Brasil que possui a maior carteira de crédito agropecuário do país.

Com o capital necessário na mão, o empreendedor rural deve procurar a assistência de profissionais da área. Se for uma produção agrícola, deve ser consultado um engenheiro agrônomo, no caso de uma produção pecuária, o auxílio necessário será o de um médico veterinário ou mesmo de um técnico em zootecnia.

Todos os custos devem ser levados em conta e apenas se o valor esperado para o volume de produção pretendido exceder o custo total, ou seja se houver uma possibilidade real de se obter um lucro aceitável, então, somente nesse caso, a atividade deve ser iniciada.

site do café

Deixe uma resposta